Equipamentos

Fogareiro

20 de maio de 2016

O fogareiro a gás de Butano e Propano é o meu preferido por ser prático e seguro.

Fogareiro MSR Suprfly

Já utilizei o de benzina mas tem o risco de vazamento e a manutenção. Na última vez que estive em Confluência (1º acampamento), um casal de australianos estavam com o seu fogareiro a MSR XGK entupido e sem o kit de manutenção. Por sorte tinha uma boa alma no acampamento que conseguiu resolver o problema.

O fogareiro a gás praticamente não dá manutenção,e pelo fato de ser pequeno e barato, eu levo um reserva.

Eu tenho um MSR Superfly, ferve 1 litro de água em 3 minutos. É um modelo barato e eficiente.

O meu sonho de consumo é um Jetboil, mas na época e mesmo hoje existem outras prioridades. Ainda mais que sempre precisei cozinhar para mais de uma pessoa. Nesse caso as duas panelas de aluminío que eu levo ajudam a ter mais de uma opção de comida.

Até Plaza Plaza Mulas é possível comer refeições mais elaboradas. Acima, como é preciso carregar tudo o negócio é realizar preparos mais simples.

Em Nido de Condores peguei uma temperatura de -22°C dentro da barraca. Do lado de fora o vento era insuportável. Em temperaturas negativas (-22°C)o butano perdeu eficiência e o fogo fica fraco. Portanto não deixe o cartucho de gás ao relento. Se for deixar dentro da barraca verifique se não está vazando senão você pode dormir e não acordar mais.

windscreen

Na montanha costuma ventar muito e um bom quebra galho é o windscreen conforme a foto a esquerda. É uma “Papel Alumínio” mais grosso mas é leve, maleável e barato. No Ebay se acha fácil.

E não se esqueça de como vai ascender o fogo. Alguns fogareiros incorporam o ascendedor, mas é melhor levar um isqueiro e fósforos (este não tem erro).

E minha última expedição levei 8 cartuchos de gás de 450 gramas (cartucho grande) para 2 pessoas. Deste vez vou levar 3 por pessoa com uma margem menor de sobra. Se você só vai ferver água, pode pensar em levar menos.

Nenhum Comentário

Responder